sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Plantas da cidade de Fortaleza












As plantas das cidades são fontes de grande importância para os historiadores, a partir delas podemos extrair informações espaciais importantes sobre a localização dos sujeitos, a disposição dos grupos sociais ou a divisão topográfica. Seguem algumas da cidade de Fortaleza.


Descrição dos mapas:

1 - Planta de Fortaleza de 1856

2 - Planta elaborada por Hebster

3 - Planta da capital do Ceará de 1859

4 - Planta dos suburbios de Fortaleza(1875)

5 - Planta dos abarracamentos e distritos de Fortaleza(1877-1888)

Fonte: doadas por Cícera Barbosa

domingo, 25 de setembro de 2011

Fotos dos abolicionistas do Ceará






Para ampliar a foto basta clicar na imagem.
Fonte: Arquivo Nirez




O blog Historiadora comemora hoje 10.000 visitas, quero agradecer o carinho e a colaboração de todos que já passaram por aqui e dos seguidores deste blog....meu muito OBRIGADA!!!!

terça-feira, 20 de setembro de 2011

I Concurso Internacional de Teses sobre o Brasil e a América Latina


Associação Latino-americana de Sociologia – ALAS e a Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais – FLACSO, Brasil lançam seu primeiro Edital do Concurso bienal de Teses de Doutorado sobre o Brasil e a América Latina, com apoio da Rede de Programas de Pós-graduação do Conselho Latino-americano de Ciências Sociais – CLACSO.



PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 1 de setembro de 2011 a 15 de fevereiro de 2012



sábado, 17 de setembro de 2011


Basta clicar na imagem para ampliar.

Fonte: Revista História Viva


Futebol Cearense - história e fotos









Um pouco da história do futebol cearense:



Orion Futebol Clube - foi fundado em 01 de junho de 1929 a partir da dissidência de jogadores do então tri-campeão, Fortaleza EC, e liderados pelos irmãos Machado (Moacir, Jandir, Juraci e Caranã). Orion é o nome de uma constelação equatorial formada de estrelas brilhantes, três das quais as conhecidas "Três Marias".



Ceará Sport Club - ideia de fundar o Ceará Sporting Club veio no dia 2 de junho de 1914, pelos jovens Luís Esteves Júnior e Pedro Freire, durante um encontro à tarde no Café Art Noveau, que funcionava na Praça do Ferreira. Neste encontro, eles resolveram convidar mais alguns amigos para discutirem a idéia e se reunirem à noite, na residência de Luís Esteves - localizada na Rua Tristão Gonçalves.



Fortaleza Esporte Clube - Alcides de Castro Santos. Primeiramente, ele fundou em 1912 um clube também chamado Fortaleza, que posteriormente veio a ter suas atividades encerradas. A seguir, participou da fundação do Stella Foot-Ball Club, em 1915 (Stella era o nome de um colégio suíço onde estudavam os filhos de alguns nobres representantes da alta sociedade de Fortaleza). Este clube teve estreita ligação com o Fortaleza Esporte Clube (FEC), principalmente pela presença de Alcides Santos na formação dos dois, tendo o Fortaleza sido fundado em 18/10/1918. Como grande desportista que era, também estimulou e participou da fundação de Riachuelo, Tabajara e Maranguape, todos antes de 1918. Esteve ligado ao Fortaleza EC em seus primeiros 20 anos de história.




fontes: Sobre a história dos times nos sites oficiais dos clubes e as fotografias do arquivo Nirez.

O Quebra-Quebra de 42

















































No dia 18 de agosto de 1942 durante o Estado Novo na presidência de Getúlio Vargas, a cidade de Fortaleza foi palco de um acontecimento peculiar, o chamado quebra-quebra de 42, o motivo do movimento foi o bombardeamento de seis navios brasileiros por submarinos alemães durante a Segunda Guerra Mundial. A população, inconformada com tamanha afronta dos alemães, toma suas próprias providências e sai às ruas para quebrar todos os estabelecimentos comerciais que tivessem alguma ligação com os países que passara a considerar inimigos, no caso aqueles que formavam o eixo: Alemanha, Japão e Itália. Durante o quebra-quebra Thomaz Pompeu Gomes de Matos registrou os acontecimentos e fez várias fotografias do movimento popular.




*fotografias: arquivo do Nirez.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Entrevista com Boris Fausto



A entrevista realizada pela FGV-CPDOC com o historiador Boris Fausto poder ser vista na integra no site: http://cpdoc.fgv.br/revolucao1930/ecos